Commit 211978ff authored by Eduardo de Santana Medeiros Alexandre's avatar Eduardo de Santana Medeiros Alexandre
Browse files

redes

parent 4343c156
[[pratica_traceroute]]
[appendix]
== Investigando a Internet
Na última década do século XX, já com a Internet popularizada, surgiu o
papel do 'hacker', um especialista em redes de computadores e suas aplicações,
permitindo ao mesmo configurar e gerenciar os dispositivos remotamente. Este
novo perfil passou a ser muito usado pelos filmes de 'Hollywood', como
profissionais do crime ou em defesa de causas em favor da humanidade. São
inúmeras as aplicações usadas pelos 'hackers', e não é o objetivo deste
livro apresentá-los ao leitor. Entretanto, apresentaremos uma ferramenta muito
utilizada para descobrir rotas e atraso dos pacotes na rede, esta aplicação
se chama `Traceroute`.
O `Traceroute` é um programa de diagnóstico que pode ser executado por
qualquer sistema final da Internet. Quando o usuário especifica um nome de
hospedeiro destino, o `Traceroute` no hospedeiro origem, envia vários pacotes
especiais em direção àquele destino. Cada roteador por vez recebe este
pacote especial e retorna o mesmo a origem, indicando seu nome e endereço
e calculando o tempo necessário para alcançar o
roteador.
[[fig_redes2]]
.Saída da aplicação Traceroute.
image::images/redes/tracert.png[scaledwidth="60%"]
Podemos observar a saída da aplicação `Traceroute` ilustrada na <<fig_redes2>>.
Cada linha do resultado tem seis colunas: a primeira coluna é o número do
roteador encontrado ao longo da rota; a segunda coluna é o nome do roteador; a
terceira o endereço (formato `xxx.xxx.xxx.xxx`); as três últimas são os
atrasos de ida e volta do pacote durante três tentativas. Ocorrendo perda de
pacotes a aplicação coloca um `*` no lugar do tempo de atraso.
No exemplo da <<fig_redes2>> há 17 roteadores entre a origem e o destino. Por
exemplo, o rotador 3 se chama `rt.jpa.bbn.ufpb.br`, seu endereço ip é
`150.165.255.1` e os tempos de atraso foram 7; 2 e 2 milissegundos.
=== Usando a aplicação Traceroute
Agora que aprendemos um pouco sobre a aplicação `Traceroute`, que tal
tentarmos dar nossos primeiros passos no mundo dos Hackers? Para isso, siga os
passos indicados nesta prática, analise os resultados e responda algumas
perguntas sugeridas.
Passo 1:: Em um computador conectado à Internet utilizando o Sistema Windows,
clique em Iniciar > executar. Digite `cmd` na caixa de diálogo e clique no
botão ``OK''.
Passo 2:: Aparecerá o prompt de comando em que você executará o seguinte
comando: `tracert www.google.com.br`. Observe o que aparece na tela. (quantos
saltos, quanto tempo entre os saltos, tempo médio total, se passou por
roteadores locais, regionais, globais, etc...). Para o Sistema Operacional
Linux, o nome do comando é `traceroute`.
Passo 3:: Abra uma janela do navegador e faça uma busca com o seu nome:
``Fulano de tal'' BUSCAR. Aparecerão diversos links, escolha qualquer um deles
e anote o endereço a seguir: `http://________________________________________________`
Agora execute o comando `tracert` para o endereço que você selecionou e
responda:
* Quantos saltos o pacote precisa fazer até chegar no destino: `________________`
* Qual é o tempo médio final para o pacote chegar até o destino: `_______________`
* É possível que existam provedores (ISP) transcontinentais na rota: `_____________`
Passo extra:: Outra forma de testar a aplicação `Traceroute` é através da
página: http://www.traceroute.org, que provê uma interface WEB para uma extensa
lista de fontes para traçar rotas. Escolha uma fonte, forneça o nome do
destino e o programa `Traceroute` fará todo o trabalho.
// Sempre terminar o arquivo com uma nova linha.
Markdown is supported
0% or .
You are about to add 0 people to the discussion. Proceed with caution.
Finish editing this message first!
Please register or to comment