Commit 019159b2 authored by Rafael Peretti Pezzi's avatar Rafael Peretti Pezzi

Sex Jan 8 21:55:43 BRST 2016

parent 8e99caba
This diff is collapsed.
......@@ -15,7 +15,10 @@
### Considerações sobre Fablabs e as tecnologias livres
O heitor vai fazer.. :)
>: Ainda tá faltando algo. Não fui enfático quando as limitações do modelo tradicional...
Uma iniciativa interessante que tem se popularizado são os FabLabs[^fablab] (Laboratório de fabricação do inglês fabrication laboratory*) os quais visam aproximar instrumentos de prototipagem e produção das pessoas interessadas. Por um lado, esta iniciativa disponibiliza equipamentos de elevado custo financeiro aos interessados, por outro, perpetua a necessidade de compra destes equipamentos e os softwares que os acompanham. Qualquer iniciativa relacionada ao ensino e a propagação do conhecimento que parta desta premissa estará sempre presa a um número finito de empresas detentoras do software e do hardware necessário para a produção. Não é claro que um projeto desenvolvido em um determinado software/hardware proprietário será executado em outro equivalente. É aqui que os pontos presentes nas definições do hardware aberto e livre se fazem importantes pois qualquer projeto pode, em princípio, ser portado. Isto permite uma grande liberdade para que se ensine e propague conhecimento aberto e, também, estimula a criação de uma comunidade de usuários.
>: Trazendo de outra parte do texto.
>: Um grande passo na direção de popularização dos meios de fabricação distribuido está sendo feita pelo FabLabs, laboratórios de fabricação, que contam com máquinas de fabricação digital tais como Fresadoras de controle numérico computadorizado. Entretanto, o custo elevado das máquinas e a carência de padrões de arquivos e programas livres para desenho e modificação de projetos, a colaboração em larga escala ainda não é viável.
......
This diff is collapsed.
This diff is collapsed.
......@@ -2,7 +2,7 @@
Acreditando que a cultura de ampla colaboração e de continuidade do conhecimento faz-se necessária para suprir as necessidades atuais da humanidade sem prejudicar as gerações futuras, o Centro de Tecnologia Acadêmica do Instituto de Física da UFRGS (CTA IF/UFRGS) foi criado para adotar os princípios da cultura livre em suas atividades. Isto é feito com a utilização e o desenvolvimento de conhecimento e tecnologias livres e abertas. São tecnologias livres e abertas aquelas cujos usuários têm as liberdades de uso, estudo, modificação e distribuição, que garantem autonomia no aprendizado, no uso, desenvolvimento e disseminação dessas tecnologias. Este artigo justifica a escolha das tecnologias livres e abertas e das práticas relacionadas, apresentando como as possibilidades de criação, uso e disseminação do conhecimento geradas pela tecnologia digital, que embasam a cultura digital, estão sendo utilizadas e aprimoradas no CTA IF/UFRGS.
Iniciamos com uma breve reflexão sobre os impactos das tecnologias digitais na circulação da informação, do conhecimento e da cultura e apontamos os benefícios dos conceitos de liberdade e abertura do conhecimento aplicados à ciência, tecnologia e educação. Em seguida apresentamos o hardware aberto e livre (HAL) como o passo eminente na evolução do desenvolvimento colaborativo de tecnologias. Fazendo uma análise dos conceitos, apontamos para a infraestrutura e metodologias que consideramos necessárias para viabilizar o desenvolvimento colaborativo de instrumentos científicos e educacionais abertos em escala até então vista apenas em projetos de bens imateriais como a Wikipédia e o sistema operacional GNU/Linux.
Iniciamos com uma breve reflexão sobre os impactos das tecnologias digitais na circulação da informação, do conhecimento e da cultura e apontamos os benefícios dos conceitos de liberdade e abertura do conhecimento aplicados à ciência, tecnologia e educação. Em seguida apresentamos o *hardware* aberto e livre (HAL) como o passo eminente na evolução do desenvolvimento colaborativo de tecnologias. Fazendo uma análise dos conceitos, apontamos para a infraestrutura e metodologias que consideramos necessárias para viabilizar o desenvolvimento colaborativo de instrumentos científicos e educacionais abertos em escala até então vista apenas em projetos de bens imateriais como a Wikipédia e o sistema operacional GNU/Linux.
Descrevemos como estes conceitos são integrados como princípios no Centro de Tecnologia Acadêmica visando a atualização da academia nos modos de produção, gestão e disseminação do conhecimento. Por fim, apresentamos alguns exemplos de instrumentos abertos desenvolvidos no CTA, juntamente com reflexões sobre o papel que os princípios adotados pelo Centro têm para a formação dos alunos e o impacto que seus projetos podem ter na sociedade pela integração natural com a pesquisa e extensão universitárias.
......
This diff is collapsed.
Markdown is supported
0% or
You are about to add 0 people to the discussion. Proceed with caution.
Finish editing this message first!
Please register or to comment